Wednesday , November 20 2019
Home / brazil / Módulo de pouso da missão Chandrayaan-2 está em algum lugar desta foto

Módulo de pouso da missão Chandrayaan-2 está em algum lugar desta foto



Em algum lugar nessa paisagem deserta e cheia de crateras está o Vikram, o modul de de pouso da probe Chandrayaan-2 – ou o que sobrou dele após a tentativa de pouso on superfíta da Lua, no início de setembro. A imagem foi capturada pela probe Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) will give NASA em 17 de setembro, quando sobrevoou on local de pouso da missão indiana on tentativa de encontrar o equipamento.

Photo: NASA / Goddard / Arizona State University / Space.com

Nos minutos finais do procedimento de aterrissagem, o Vikram perdeu o contato com a Organização de Pesquisa Espacial da Índia (ISRO), que supervisionava a missão. Nas duas semanas seguintes, os indianos tentaram restabelecer a comunicação com a sonda, porém sem sucesso.

A ISRO disse que conseguiu localizar o módulo de aterrissagem através to componente orbital da missão Chandrayaan-2, mas não foram divulgadas informações adicionais, nem mesmo fotografias. A NASA, para ajudar a esclarecer o mistério, enviou a LRO para sobrevoar o local, mas o ângulo da nave e as sombras projetadas nas crateras não ajudaram muito – a noite lunar já estava chegando, sombras gigantes eram projetadas e não havia ilumina para detectar o módulo.

O pouso deveria ter acontecido em algum lugar dentro do círculo azul on imagem abaixo, capturada pela LRO no dia 17 de setembro. O objetivo da probe era um trecho elevado entre duas crateras chamadas Simpelius N e Manzinus C. Os últimos dados de rastreamento que a probe enviou de volta à Terra antes de ficar em silêncio praktiram que ela estava forums for percurso e, de aclara coma da NASA, a localização ainda é incerta.

Photo: NASA / Goddard / Arizona State University / Space.com

Well próximo mês, and nave da NASA sobrevoará o local novamente, e dessa vez deverá haver mais chances de detectar o Vikram. Apesar de tudo, a ISRO afirma que a missão Chandrayaan-2 em geral foi um sucesso, e cumpriu entre 90% e 95% de seus objetivos. Isso porque o módulo orbital está funcionando, e deverá passar um ano circulando a Lua de um polo ao outro.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.


Source link